Venda de imóveis no estrangeiro
Kyrenia, rua Korshiyaka, complexo Özyalçin 192
Park Heights Square 1, Dubai, EAU
69, 67 1 Soi Kokyang, Rawai, Muang, Phuket 83130
SPb, 21, Socialisticheskaya St., gabinete 2043
Grand condo 7, Chroy Changvar, Phnom Penh, Camboja
Batumi, Sherif Khimshiashvili str. 1
Jl. Dukuh Indah No.606, Bali 80361, Indonésia
Turquia, Çağlayan Mahallesi, Barınaklar Bulvarı 5, 07235
C/El Montículo 8, 29631, Benalmádena, Espanha

As cidades subterrâneas da Turquia

Página inicial " Útil " As cidades subterrâneas da Turquia
As cidades subterrâneas da Turquia
Autor do artigo:
Anastácia
Especialista em imóveis na Turquia
Data:  15.05.2024
Tempo de leitura: 9 min.
Vistas:  415

A Turquia, um país situado no cruzamento da Europa e da Ásia, é conhecida pelo seu rico património histórico, que atrai milhões de turistas de todo o mundo. Um dos aspectos mais misteriosos e únicos da riqueza cultural da Turquia são as suas cidades subterrâneas. Estes complexos antigos esculpidos nas falésias serviram não só de refúgio contra os inimigos, mas também de local de vida para comunidades inteiras. Construídos há milhares de anos, ainda hoje são admirados pela sua engenharia e mistério.

A história das cidades subterrâneas

As cidades subterrâneas da Turquia, muitas das quais se situam na região da Capadócia, têm origens antigas. A investigação mostra que as primeiras foram construídas no tempo dos hititas, por volta de 2000 a.C. A principal função destas estruturas subterrâneas era a defesa contra inimigos externos e o mau tempo. Com o passar do tempo, especialmente durante o início do período cristão, evoluíram para verdadeiros abrigos onde as pessoas se podiam esconder durante muitos meses, sem deixar de levar uma vida normal.

Estas cidades subterrâneas eram uma maravilha da engenharia do seu tempo, com ventilação sofisticada, abastecimento de água e até controlo da luz. Os poços de ventilação foram concebidos para fornecer ar fresco a todos os níveis, mesmo a dezenas de metros de profundidade. A água era fornecida através de um intrincado sistema de poços e aquedutos que permitia aos residentes ter acesso à água sem terem de subir à superfície.

Com o passar do tempo e a mudança de épocas, as funções das cidades subterrâneas alargaram-se. Durante o Império Bizantino, muitas delas foram adaptadas para serem utilizadas como abrigos religiosos. Foram construídas igrejas e mosteiros nas cidades subterrâneas, muitas vezes decoradas com frescos e ícones religiosos, testemunhando a profunda vida espiritual dos seus habitantes.

Estas soluções arquitectónicas e de engenharia únicas das cidades subterrâneas não só proporcionavam proteção física aos seus habitantes, como também contribuíam para a preservação e desenvolvimento das tradições culturais e religiosas, tornando-as uma parte importante do património cultural da Turquia. A vida económica incluía a troca de bens e produtos, bem como o trabalho agrícola ao ar livre durante os períodos de segurança.

Cidades subterrâneas famosas: Derinkuyu e Kaymakli

Derinkuyu, uma das cidades subterrâneas mais profundas do mundo, possui uma complexa rede de túneis e salas situadas a 85 metros de profundidade. A cidade podia albergar até 20.000 pessoas, com os seus animais e alimentos. Este facto revela um elevado nível de organização e de cuidado com o espaço. Uma caraterística especial de Derinkuyu é a presença de comunicações a vários níveis, incluindo sistemas de ventilação complexos que asseguravam a circulação do ar e tornavam possível a permanência no subsolo durante longos períodos de tempo.

Kaimakli, uma cidade subterrânea igualmente famosa mas mais compacta, tem oito níveis, quatro dos quais estão abertos ao público. Kaimakli serviu não só como refúgio mas também como local de residência permanente, como se pode ver pela presença de poços de ventilação, igrejas, adegas e até lagares de azeite. Em cada um destes níveis, podem ser observadas soluções arquitectónicas e de engenharia únicas, como portas de pedra que podiam ser facilmente fechadas a partir do interior e que serviam de defesa contra inimigos.

Ambas as cidades estão ligadas por uma rede de túneis que permitia aos habitantes deslocarem-se entre diferentes níveis e mesmo cidades sem correrem o risco de serem vistos. Estes túneis, muitas vezes estreitos e sinuosos, foram concebidos para que, em caso de ataque, os inimigos não pudessem infiltrar-se facilmente ou explorá-los.

Os estudos sobre estas cidades subterrâneas continuam a revelar novas provas de como as sociedades antigas eram capazes não só de sobreviver, mas também de prosperar em condições tão difíceis. São testemunho não só das capacidades de engenharia, mas também da organização social, das práticas religiosas e das tradições culturais dos antigos povos da Capadócia.

Achados arqueológicos

As escavações arqueológicas nas cidades subterrâneas da Capadócia continuam a atrair estudiosos e arqueólogos de todo o mundo devido ao seu rico conteúdo histórico. Os achados vão desde objectos do quotidiano a frescos únicos que abrem novas páginas na história e na cultura das civilizações antigas. Na cidade de Kaymakli, por exemplo, foram descobertos pergaminhos antigos que deram aos estudiosos uma chave para a compreensão da estrutura social e das tradições culturais da época. Estes textos contêm informações sobre as leis, os ritos religiosos e até os rituais quotidianos dos habitantes.

Além disso, noutras cidades subterrâneas, como Derinkuyu, foram encontrados objectos únicos, como vasos de cerâmica, ferramentas e jóias, que indicam o elevado nível de artesanato e tecnologia da época. Alguns destes objectos apresentam padrões e ornamentos complexos, indicando uma arte e cultura avançadas.

Outro aspeto interessante é a descoberta de vários mecanismos de defesa, incluindo portas de pedra maciça que podiam ser fechadas a partir do interior para proteger os habitantes de ameaças externas. Estas portas e outras soluções de engenharia realçam o carácter elaborado e a funcionalidade das cidades subterrâneas como abrigos.

Estas descobertas arqueológicas não só aprofundam a nossa compreensão das civilizações antigas, como também ajudam a preservar esta história única para as gerações futuras. Cada descoberta traz novos conhecimentos que podem redefinir conceitos históricos já estabelecidos e fornecer uma nova perspetiva sobre a vida das sociedades antigas no subsolo.

Utilização moderna

A preservação das cidades subterrâneas da Turquia é uma prioridade tanto para as autoridades locais como para as organizações internacionais de proteção do património cultural. Nos últimos anos, foram introduzidas novas tecnologias para proteger e preservar estes sítios arqueológicos únicos. Os métodos modernos incluem a utilização de materiais especiais para reforçar as paredes e os tectos, bem como sistemas de controlo climático para evitar a deterioração causada pela humidade e pelas flutuações de temperatura.

Além disso, é efectuado um controlo regular do estado das estruturas subterrâneas no âmbito dos esforços de conservação. Estas medidas permitem a deteção atempada e a prevenção de eventuais danos causados por processos naturais ou pela atividade humana. Além disso, para garantir a segurança dos turistas e a preservação dos achados arqueológicos, são impostas restrições ao número de visitantes das cidades subterrâneas em qualquer altura.

Uma parte importante da utilização moderna das cidades subterrâneas é a sua integração em programas culturais e educativos. São criadas exposições em museus, visitas interactivas e excursões educativas para ajudar os visitantes a compreender melhor o significado histórico destes locais. Estas medidas não só sensibilizam para a necessidade de preservar um património único, como também atraem investimentos adicionais para a região, contribuindo para o seu desenvolvimento económico.

Lendas e mitos

As cidades subterrâneas da Turquia estão envoltas em muitas lendas e mitos que as tornam ainda mais atractivas para os visitantes. Uma lenda popular diz que as cidades subterrâneas estavam ligadas por túneis secretos que podiam ser utilizados para percorrer muitos quilómetros sem chegar à superfície. Estas histórias aumentam o mistério e o enigma, atraindo os amantes da história e da aventura.

Outras lendas fascinantes incluem a história da cidade subterrânea de Derinkuyu, que, segundo o mito, foi construída por gigantes. Os aldeões locais dizem que os gigantes utilizavam estes espaços subterrâneos para proteger os seus tesouros e o seu gado. Existe também uma lenda sobre o "Caminho para a Civilização Perdida", que supostamente conduz da cidade subterrânea a uma cidade subterrânea esquecida que ainda guarda artefactos e manuscritos antigos.

Para além disso, muitos habitantes locais acreditam na existência do "Espírito da Capadócia", um espírito que guarda as cidades subterrâneas e ajuda os que se perdem nos túneis labirínticos a encontrar a saída. Estas histórias não só embelezam as histórias contadas pelos guias, como também trazem um elemento de misticismo a uma visita a estes lugares antigos e misteriosos.

Comparação com outras estruturas subterrâneas do mundo

Para uma comparação visual das cidades subterrâneas da Turquia com outras estruturas subterrâneas conhecidas no mundo, apresentemos a informação sob a forma de uma tabela:

EstruturaLocalizaçãoCaracterísticasSignificado histórico
As cidades subterrâneas da CapadóciaTurquiaExtensos complexos habitacionais com igrejas, adegas e sistemas de ventilação.Refúgios antigos, lugares de vida e de fé.
A cidade subterrânea de MontriolCanadáUma moderna rede de metropolitano que liga centros comerciais, escritórios e centros de transporte.Importância comercial e de transporte.
Túneis de Koo ChiVietnameUma rede de túneis militares utilizados durante a guerra do Vietname.História militar, atração turística.
A cidade subterrânea de DerinkuyuTurquiaÉ uma das cidades subterrâneas mais profundas do mundo, com capacidade para 20.000 pessoas.Um dos maiores asilos históricos.
Complexo subterrâneo de ValkenburgPaíses BaixosUtilizado durante a Segunda Guerra Mundial, contém muitas pinturas murais.Um abrigo histórico com desenhos únicos.

Esta comparação mostra que as cidades subterrâneas da Turquia são únicas na sua multifuncionalidade e significado histórico. Não eram apenas abrigos, mas também locais de residência permanente, o que as distingue de muitas outras estruturas subterrâneas criadas principalmente para fins específicos, muitas vezes temporários. Esta variedade de funções e a riqueza histórica tornam as cidades subterrâneas turcas particularmente interessantes tanto para a investigação como para o turismo.

As cidades subterrâneas da Turquia representam um património cultural e histórico único que continua a inspirar e a surpreender exploradores, historiadores e turistas de todo o mundo. Não só testemunham as extraordinárias realizações de engenharia da antiguidade, como também exemplificam o engenho humano e a capacidade de adaptação a condições difíceis. A preservação destas cidades subterrâneas e a continuação da investigação permitirão às gerações futuras aprender mais sobre o nosso passado e sobre as pessoas extraordinárias que criaram estes mundos subterrâneos únicos.

Perguntas frequentes

As cidades subterrâneas são antigas redes subterrâneas na Turquia, localizadas principalmente na Capadócia e historicamente utilizadas como abrigos de proteção e alojamentos. Possuem sistemas de engenharia complexos, incluindo sistemas de ventilação e de abastecimento de água.

Muitas destas estruturas datam de cerca de 2000 a.C., tendo sido originalmente construídas na época hitita e ampliadas nos primeiros períodos cristãos para servirem de abrigo a longo prazo.

Derinkuyu e Kaimakli estão entre as mais famosas. Derinkuyu é conhecida pela sua profundidade e capacidade para 20.000 pessoas, enquanto Kaymakly é conhecida pela sua complexa construção em vários níveis.

Sim, muitas destas cidades subterrâneas, como Derinkuyu e Kaymakli, estão abertas aos turistas. Estas cidades oferecem um vislumbre da engenharia antiga e de estilos de vida históricos.m

Estas cidades estavam equipadas com alojamentos, armazéns, igrejas, adegas e até escolas, o que demonstra um elevado grau de organização e de vida social no subsolo.

O que são cidades subterrâneas na Turquia?

As cidades subterrâneas são antigas redes subterrâneas na Turquia, localizadas principalmente na Capadócia e historicamente utilizadas como abrigos de proteção e alojamentos. Possuem sistemas de engenharia complexos, incluindo sistemas de ventilação e de abastecimento de água.

Qual é a idade das cidades subterrâneas da Turquia?

Muitas destas estruturas datam de cerca de 2000 a.C., tendo sido originalmente construídas na época hitita e ampliadas nos primeiros períodos cristãos para servirem de abrigo a longo prazo.

Quais são as cidades subterrâneas mais famosas da Turquia?

Derinkuyu e Kaimakli estão entre as mais famosas. Derinkuyu é conhecida pela sua profundidade e capacidade para 20.000 pessoas, enquanto Kaymakly é conhecida pela sua complexa construção em vários níveis.

Os turistas podem visitar estas cidades subterrâneas?

Sim, muitas destas cidades subterrâneas, como Derinkuyu e Kaymakli, estão abertas aos turistas. Estas cidades oferecem um vislumbre da engenharia antiga e de estilos de vida históricos.m

Que estruturas continham estas cidades subterrâneas?

Estas cidades estavam equipadas com alojamentos, armazéns, igrejas, adegas e até escolas, o que demonstra um elevado grau de organização e de vida social no subsolo.

    Encontraremos os melhores imóveis - basta preencher o formulário

    Ao clicar em "Enviar", o utilizador aceita a política de privacidade do sítio

    Contactos

    Não perca os lançamentos de vendas de complexos residenciais ao melhor preço
    Subscrever um grupo no WhatsApp

    Deixar um pedido

    Preencher o número de telefone em formato internacional

    Não encontrou o que estava à procura?

    Responda a 4 perguntas (demora 30 segundos) - receba uma seleção personalizada de imóveis actuais + Guia "Como escolher um imóvel no estrangeiro".

    Interessado? Clique em "Iniciar seleção".

    Seleção de início

    Ou envie-nos um e-mail para WhatsApp - os nossos especialistas responderão a todas as suas perguntas

    pt_PTPortuguese